Religiosos e leigos(as) que continuam a missão iniciada por São José de Calasanz.
Missão

Nós, escolápios, religiosos e leigos, como São José de Calasanz, nos sentimos enviados por Cristo e a Igreja a EVANGELIZAR EDUCANDO crianças e jovens, especialmente pobres, por meio da integração da fé e da cultura (Piedade e Letras) para servir à Igreja e transformar a sociedade segundo os valores evangélicos de justiça e paz.

A presença escolápia em Governador Valadares conta com uma comunidade religiosa e nove comunidades da Fraternidade Escolápia. O Colégio Ibituruna, no centro da cidade, atende a mais de 1.800 crianças e jovens, com uma proposta educativa de excelência. A Paróquia Nossa Senhora das Graças, com sete comunidades eclesiais, incluindo, além de bairros mais centrais, outros situados nos morros Carapina e Querosene; a secretaria paroquial encontra-se na Avenida Minas Gerais, 1510. O Centro Social Itaka Escolápios, situado no bairro Santa Helena, à rua Carlos Chagas, 66, atende a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade pessoal e social. Nesse mesmo local escolápio, funciona uma escola municipal (Padre José Luis Tadeu) que acolhe a 300 crianças da região em horário integral (oito horas diárias). Esse centro acolhe, também, duas casas de abrigamento (casas lares) O recanto Calasanz, em Ilha Brava, no distrito de Baguari, oferece propostas educativas e pastorais às obras escolápias. As três obras escolápias (paróquia, colégio e centro social) são referência pastoral, educativa e social na cidade.

Escolápios